quinta-feira, 31 de maio de 2012

Consórcio ingressará com recurso contra decisão do VLT de Cuiabá

24/05/2012 - Redação 24 Horas News 

O resultado do julgamento será publicado no Diário Oficial.

O Consórcio Mendes Junior/Soares da Costa/Alstom anunciou nesta quinta-feira, 24, interesse em  ingressar com recurso contra o resultado da licitação das obras de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos, o VLT, principal empreendimento do conjunto de obras de mobilidade urbana de Cuiabá para a Copa do Mundo de 2014. O anunciou do consórcio foi feito durante sessão pública de habilitação do Consórcio VLT Cuiabá.

Insatisfeitos com o resultado, o representante do Consórcio Mendes Junior/Soares da Costa/Alstom pediu o registro em ata do recurso contra as propostas de técnica, preço e habilitação do Consórcio VLT Cuiabá e contra a proposta técnica e preço do terceiro colocado em pontuação, Consórcio Tranvia Cuiabá. O recurso será apresentado publicação do resultado da análise dos documentos de habilitação.

O Consórcio VLT Cuiabá, que obteve a melhor pontuação no julgamento das propostas de preço e técnica do processo de licitação do novo modal de transportes, entregou a documentação de habilitação em sessão pública, conforme prevê o Regime Diferenciado de Contratação (RDC). O resultado do julgamento será publicado no Diário Oficial.

Na sessão, os Consórcios Tranvia Cuiabá e Expresso Verde não enviaram representantes.

"Estamos cumprindo hoje a segunda etapa do processo licitatório. Vencendo o prazo recursal, publicaremos o resultado final do certame, assinaremos o contrato e ordem de serviço”, afirmou o secretário Extraordinário da Copa do Mundo Fifa 2014, Maurício Guimarães. 

Quanto ao prazo de execução da obra do VLT, Maurício Guimarães, deixou claro que o novo modal estará pronto em 24 meses e isso é um compromisso contratual.

Como é previsto no RDC, após o resultado final do certame, o Governo de Mato Grosso dará início à fase negocial com o consórcio vencedor para reavaliação e possível redução do preço final. “O Governo está buscando alternativas para a questão financeira e tem a certeza que o VLT vai beneficiar a população de Cuiabá por ser um transporte moderno, seguro e eficiente", destacou o secretário.

A intenção da comissão Especial de Licitação é analisar a documentação entregue pelo Consórcio VLT Cuiabá ainda nesta quinta-feira para que o resultado seja divulgado no Diário Oficial desta sexta-feira, 25.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário