sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Consórcio abre 610 vagas para obras do VLT Cuiabá

24/10/2012 - Gazeta Digital

As obras da Copa do Mundo de 2014 que têm transformado Cuiabá e Várzea Grande num gigantesco canteiro de obras demandam de pelo menos mais 610 trabalhadores para contratação imediata com todos os direitos trabalhistas garantidos. As vagas são oferecidas pelo Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande que está cadastrando pedreiro, armador, carpinteiro, eletricista, encanador, soldador, montador, servente, ajudante e encarregado para atuar nas obras civis para implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Trabalhadores interessados nas vagas devem comparecer aos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) com documentos pessoais, incluindo carteira de trabalho.

Para agilizar a contratação e priorizar a mão de obra local, o consórcio iniciou nesta quarta-feira (24) em Cuiabá, o cadastramento de trabalhadores, que segue até o dia 1° de novembro em 4 Cras, localizados nos bairros Pedra 90, Nova Esperança, Tijucal e Getúlio Vargas, das 8h às 17h. A ação é executada em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) e Secretaria Municipal de Assistência Social e Consórcio Santa Bárbara e Mendes Junior, responsável pela construção da Arena Pantanal que hoje emprega 740 trabalhadores direta e indiretamente e está ofertando outros 50 postos de trabalho.

Fernando Orsini, gerente de Contrato do Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande afirma que esta é a primeira ação em parceria com a SRTE e a Secopa para contratação de mão de obra, o que tende a se intensificar com o aumento no número das frentes de trabalho. "Até o pico das obras, que será de julho a setembro de 2013, o consórcio deverá contratar 4 mil trabalhadores". Hoje emprega cerca de 100 pessoas diretamente e gera outros 400 postos de trabalho indiretos, considerando apenas as obras civis.

Chico Ferreira

As vagas oferecidas são para pedreiro, armador, carpinteiro, eletricista, encanador, soldador, montador, servente, ajudante e encarregado.

Atualmente, as frentes de trabalho se concentram no Km Zero, em Várzea Grande e no trevo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), mas cm a liberação da Licença de Instalação do VLT outras terão início em trechos por onde passará o novo modal de transporte, que inclui a via permanente da FEB e a trincheira Dom Orlando Chaves (Várzea Grande), e avenidas do CPA, Fernando Corrêa da Costa e 15 de Novembro (Cuiabá).

Superintendente do Trabalho e Emprego em Mato Grosso, Valdiney Arruda, afirma que o projeto de contratação de trabalhadores segue o modelo do governo federal, que tem o objetivo de aproximar as empresas dos trabalhadores desempregados. Afirma ainda que serão oferecidos cursos de qualificação tanto pela superintendência quanto pelas empresas contratantes. "E para aqueles que não forem contratados nesta fase será oferecido curso de qualificação do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec)". (Com Assessoria)

Serviço:
Cras Tijucal Avenida Espigão, s/n°, bairro Tijucal. Telefone (65) 3616-6720
Cras Pedra 90 Avenida Nilton Rabelo Castro s/n°, bairro Pedra 90. Telefone (65) 3617-1954
Cras Nova Esperança Rua J, s/n°, nos fundos da Escola Jesus Criança, bairro Nova Esperança (65) 3313-3107
Cras Getúlio Vargas Rua S, esquina com avenida principal, s/n°, bairro Getúlio Vargas (65) 3313-3144


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário