domingo, 28 de outubro de 2012

Governador de SC conhece proposta para criação de metrô de superfície em Florianópolis

24/10/2012 - ND Online, Everton Palaoro

Trilhos do metrô de superfície seriam construídos no vão entre as pontes Colombo Salles e Pedro Ivo.

Empresa portuguesa Logistel apresentou o 13º projeto para a quarta ligação entre a Ilha e o Continente

O governador Raimundo Colombo conheceu na terça-feira o 13º projeto para a quarta ligação Ilha-Continente. A proposta da empresa portuguesa Logistel foi resultado de um estudo sobre mobilidade urbana na Capital. O modelo entregue ontem ao governo propõe a criação de um metrô ligeiro de superfície, que ligará a Ceasa (Central de Abastecimento de Santa Catarina), em São José, ao Ticen (Terminal Integrado Centro), em Florianópolis.

Na primeira etapa, a intenção é construir os dez km de linha nas margens da BR-282, a Via Expressa. Entretanto, no total, o projeto contemplará 37 km, alcançando a região do bairro Trindade e Sul da Ilha, chegando ao aeroporto Hercílio Luz. Se escolhido, será feito em PPP (Parceria Público-Privada). A intenção do governo é não cobrar a mais do que a tarifa de ônibus atual pelo novo serviço.

A empresa propôs que a travessia Ilha-Continente seja feita de três formas: entre os vãos, acima deles ou uma das pistas das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo. O custo só dessa etapa está avaliado em R$ 1,5 bilhão.

O projeto português chega durante a seleção aberta pelo governo do Estado para escolha do novo modelo de quarta ligação. Apesar disso, o presidente da SC Par, Paulo Cesar Costa, disse que não será analisado separadamente do concurso aberto pelo governo. Há uma previsão de 150 dias, a partir do recebimento das propostas, para a definição do escolhido.

"Eles (Logistel) terão que entrar na PMI [Proposta de Manifestação de Interesse]. A segunda fase começa nos próximos dias e eles podem participar tranquilamente", afirmou. O governo catarinense deve abrir a nova PMI até a semana que vem e, desta vez, serão aceitos apenas projetos para transporte coletivo de massa. Na primeira etapa de PMIs foram aceitos todos os tipos de ligação Ilha-Continente.

Acesse essa notícia direto da fonte.


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário