terça-feira, 9 de agosto de 2011

Comerciantes de Cuiabá pedem VLT para a Copa

08/08/2011 - Portal 2014

Associações de empresários e moradores realizam passeata de protesto nesta terça-feira

Panfleto distribuído por comerciantes pede que governo escolha o VLT (crédito: CDL Cuiabá/Divulgação)

Comerciantes e associações de moradores de Cuiabá realizam amanhã (terça-feira, 9) manifestação em defesa da adoção do sistema de Veiculo Leve sobre Trilhos (VLT) nos projetos de mobilidade urbana para a cidade. As quase 150 entidades que organizam o protesto temem as desapropriações necessárias para a construção das linhas de BRTs, cujo valor é estimado em mais de R$ 1 bilhão, segundo o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá) João Bosco Linhares. 

O empresário lembra que o valor das desapropriações não está incluindo no orçamento de R$ 450 milhões do BRT. "Além dos valores dos imóveis, temos que considerar o custo das demissões de milhares de empregados do comércio, que ficarão sem empregos", adverte Linhares.

As associações argumentam que o projeto do VLT proporcionará 80% menos desapropriações, além de liberar áreas para a construção de ciclovia e área verde. Os manifestantes esperam sensibilizar o governo federal a incluir o projeto do VLT na Matriz de Responsabilidade da Copa de 2014 e permitir que a obra seja financiada com recursos da Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário