sábado, 23 de junho de 2012

Cuiabá e consórcio querem definir isenção para o VLT

20/06/2012 - Diário de Cuiabá

A Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo Fifa 2014 (Secopa) começou a discutir ontem com membros das cinco empresas que compõem o consórcio vencedor da licitação do VLT as possibilidades de isenção de tributos para reduzir o preço final da obra.

"Vamos construir o primeiro VLT da América Latina. Será um metrô de superfície. Todo o esforço do Governo do Estado e empenho pessoal do governador Silval Barbosa é para que Cuiabá fique no patamar de uma cidade moderna, com transporte público de qualidade", afirmou o secretário Extraordinário da Copa do Mundo da Fifa 2014, Maurício Guimarães.

O Consórcio VLT Cuiabá, vencedor do certame com a maior pontuação em preço e técnica, é formado por duas construtoras: CR Almeida e Santa Bárbara; pela fabricante e fornecedora do material rodante, CAF Brasil Indústria e Comércio e por duas empresas projetistas, a Magna Engenharia Ltda e Astep Engenharia Ltda.

Foram avaliadas as isenções de tributos municipais, estaduais e federais, tais como ISS, ICMS, PIS e Cofins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário