quinta-feira, 23 de agosto de 2012

CAF fará VLTs de Cuiabá na Espanha

22/08/2012 - Revista Ferroviária

VLT Urbos foi o escolhido e será adaptado com as especificações do edital
Os Veículos Leves sobre Trilhos de Cuiabá e Várzea Grande, no Mato Grosso, serão fabricados em Saragoça, na Espanha. Segundo o gerente comercial da CAF, Ricardo Sanchez, os VLTs serão fabricados na Espanha para atender o prazo de entrega. O contrato é da CAF brasileira. 

A produção efetiva dos trens começa em um ano. E o primeiro VLT deve estar pronto 14 meses depois. A licitação dos VLTs foi vencida pelo Consórcio VLT Cuiabá, composto por CR Almeida, Santa Bárbara Construções, CAF Brasil, Magna Engenharia e Astep Engenharia , no final de maio.

O modelo escolhido para circular entre as cidades mato grossenses foi o Urbos.  A CAF está adaptando o projeto do modelo com as especificações do edital. Os 40 VLTs serão constituídos por sete módulos e capacidade para mais de 400 passageiros.

A velocidade máxima comercial dos VLTs é 70 km/h e eles serão equipados com o sistema de supercapacitores denominado ACR da CAF Power, visando o uso na recuperação total da energia das frenagens. De acordo com a CAF, deve haver uma economia de aproximadamente 30% de energia elétrica na operação dos trens. Além disso, os VLTs serão equipados com ar condicionado e sistema de entretenimento a bordo.

O governo do Mato Grosso escolheu três layouts para a parte externa dos veículos e a população poderá escolher, através de votação na internet, qual será implantado.

As duas linhas do VLT terão 23 quilômetros de extensão. Uma deve ligar a região do CPA ao Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande. A outra linha deve começar na região do Coxipó e seguir até ao centro de Cuiabá.

No começo de agosto, a justiça determinou a paralisação das obras do VLT. Alguns dias depois as obras foram retomadas e estão em andamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário