quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Trilhos do VLT de Cuiabá chegam em janeiro de 2013, diz Secopa

18/12/2012 - Mídia News, Lislaine dos Anjos

Com ampliação das frentes de obras, tendência do trânsito é de piorar

Os trilhos do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) – modal de transporte escolhido pelo Governo do Estado para a Copa do Mundo de 2014 – começam a ser entregues na Capital em janeiro de 2013. Segundo a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), a implantação dos trilhos terá início imediatamente na Capital.

Em entrevista ao MidiaNews, o secretário da Copa, Maurício Guimarães, afirmou que o primeiro trecho a receber os trilhos será a Avenida XV de Novembro, seguida pela Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA).

"Nós começamos a preparar o canteiro central para receber os trilhos, que já foram comprados pelo Consórcio VLT Cuiabá e serão lançados nos 22,2 km do modal de transporte", disse.

Já os 40 vagões que serão utilizados para transportar os cuiabanos, quando o modal estiver em operação, começam a chegar em Mato Grosso em meados de agosto de 2013, segundo o secretário.

"Os vagões começam a chegar entre julho e agosto do ano que vem. Quatro estão previstos para chegar primeiro. Depois, vão chegar cerca de 10 por mês. Já até começamos a fazer o pátio de manutenção", afirmou Guimarães.

As interdições nessas duas avenidas estão previstas para logo após o Natal, em 26 de dezembro, provocando mais mudanças no trânsito de Cuiabá – Leia mais AQUI.

Caos no trânsito
A ampliação das frentes de trabalho do VLT em Cuiabá e Várzea Grande prometem complicar ainda mais a vida dos motoristas, segundo o secretário.

"Nós vamos ter um trânsito, que hoje já está difícil, ainda mais complicado no primeiro semestre de 2013", disse Guimarães.

O secretário voltou a pedir paciência dos motoristas, orientando a população a fazer uso do transporte coletivo, que terá prioridade durante a execução das obras da Copa, ou dar carona para os vizinhos que estão se dirigindo para o mesmo lugar.

"A população deve evitar sair de casa com o seu veículo. Quanto menos veículos nós tivermos nas ruas, mais tranquilidade teremos e menos tempo nós vamos gastar para concluir as obras. Todos devem entender que esses transtornos temporários irão gerar benefícios permanentes", afirmou.

Tarifa
O secretário da Copa afirmou que a população não precisa temer o preço que será cobrado pela passagem do VLT, quando o modal começar a ser operado na Grande Cuiabá. Segundo Guimarães, a tarifa será "acessível à população".

"Posso dizer à população que a tarifa do VLT, com o modelo que nós estamos implementando, vai ser muito parecida com a tarifa usada hoje pelos ônibus [R$ 2,70]. A população pode ficar tranquila. Ela não vai pagar a mais para utilizar um transporte público mais moderno", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário