domingo, 4 de agosto de 2013

Viaduto da UFMT para o VLT tem 87% de obras concluídas

01/08/2013 - A Gazeta MT

Duas importantes obras para a Copa do Mundo de 2014, entram na reta final, sendo a construção dos viadutos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, para receber o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), e a obra do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. O Consórcio VLT concluiu o lançamento das vigas pré-moldadas nos dois elevados, finalizando mais uma etapa das obras referentes à superestrutura.

Ambos os viadutos fazem parte do conjunto de obras de artes especiais necessárias para a implantação do VLT. Contudo, um deles é ferroviário (do Aeroporto), apenas para a passagem do VLT, e o outro (da UFMT) é rodoferroviário, para tráfego dos trens e demais veículos. Para a implantação do VLT estão em construção cinco viadutos, sendo quatro em Cuiabá e um em Várzea Grande.

No caso do viaduto da UFMT, atualmente 87,8% das obras estão concluídas. Com o término do assentamento das vigas pré-moldadas, no total de 176, atividades como o lançamento das pré-lajes e concretagem das lajes ganharão celeridade. Em breve serão iniciados também o pavimento e acabamento para que as pistas (direita e esquerda) possam ser usadas pelos motoristas. Os trabalhos ficarão concentrados apenas na pista central do viaduto por onde passará o VLT, onde os operários darão continuidade às atividades para a implantação da via permanente.

Está previsto para as próximas semanas o início dos trabalhos para o encabeçamento do viaduto (terra armada). A próxima etapa prevê a construção das pistas marginais (vias laterais ao viaduto) e da rotatória, sob o elevado.

As obras do viaduto rodoferroviário da UFMT começaram em outubro do ano passado. O elevado terá 428 metros e está sendo construído sobre os entroncamentos das avenidas Brasília, Tancredo Neves e a via de acesso ao campus da UFMT. Será constituído de duas faixas de circulação por sentido para o tráfego geral e a via permanente do VLT. Atualmente, cerca de 80 trabalhadores atuam nessa frente de obras, em turnos diurno e noturno.

Aeroporto

No viaduto do Aeroporto, que contabiliza 44 vigas pré-moldadas, o processo construtivo subsequente ao assentamento das vigas segue basicamente o adotado no viaduto da UFMT, com a montagem das ferragens e concretagem das vigas transversinas, lançamento das pré-lajes e a concretagem das lajes. No entanto, como se trata de um viaduto ferroviário, as atividades seguintes serão relacionadas à colocação dos trilhos, para a passagem do VLT.

A construção desse viaduto começou no fim de abril e atualmente o elevado está com 85,7% das obras concluídas. Além das atividades que visam à finalização da superestrutura, algumas máquinas trabalham na infraestrutura urbana necessária para iniciar a construção da rotatória lateral ao viaduto, para interligação entre as avenidas e acesso ao aeroporto. Nesse local, estão sendo feitas as redes de drenagem e telecomunicação.

O viaduto do Aeroporto está sendo construído no entroncamento das avenidas João Ponce Arruda, Senador Filinto Muller e Presidente Arthur Bernardes. Terá 226 metros de extensão, seis metros de altura no ponto mais elevado e composto por duas faixas seccionadas de rolamento (fluxo e contrafluxo) que serão usadas pelos trens, com uma largura de oito metros. Atuam na obra 40 trabalhadores, em turnos diurno e noturno.

Fonte: A Gazeta - MT
Publicada em:: 01/08/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário