sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Cronograma de obras do viaduto da Sefaz é apresentado para Secid

07/08/2015 - Expresso MT

A Secretaria de Estado das Cidades (Secid) recebeu, na tarde desta quarta-feira (05.08), o novo cronograma de reparos do viaduto Jamil Boutros Nadaf, o viaduto da Sefaz. Conforme documento apresentado pelo Consórcio VLT, o prazo para conclusão dos serviços se encerra no dia 21 de agosto. Mesmo com a data limite, o secretário de Estado das Cidades, Eduardo Chiletto, reforça que a liberação do tráfego acontecerá após fiscalização.  

O viaduto, que faz parte da obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), foi inaugurado em fevereiro de 2014, porém precisou ser interditado após seis meses, devido a constatação de irregularidades. Tais problemas começaram a ser reparados em fevereiro deste ano. A expectativa era de que o elevado fosse liberado para a população no dia 30 de julho, porém laudo técnico apontou a necessidade de novos reparos. 

A avaliação de segurança, que foi realizada pela empresa LSE Laboratórios de Sistemas Estruturais no dia 23 de julho, demonstrou que o reforço executado nos pilares do viaduto conta com aumento da resistência e bom desempenho para utilização das cargas especificadas no projeto original. Porém defeitos de construção foram verificados durante a análise, o que gerou oito recomendações. 

Devido a listagem de ajustes, o secretário Eduardo Chiletto notificou o Consórcio VLT, na última segunda-feira (03.08), para que, no prazo de 48 horas, os trabalhos começassem a ser realizados. Até o momento, conforme cronograma apresentado pelo consórcio, apenas os defeitos nas juntas de dilatação foram solucionados. Ainda devem ser executados os serviços nas fibras de carbono, e nas fissuras externas e internas do elevado. 

Conforme o secretário Eduardo Chiletto, com a finalização dos trabalhos, uma nova fiscalização será feita na obra. Caso todas as recomendações estejam adequadas, o Estado fará a liberação do tráfego sobre o viaduto. É importante dizer a população, que o governo não irá receber obra que não esteja 100% executada e com a qualidade devida. 

Para manter o bom uso do elevado, a Secretaria de Estado das Cidades também receberá plano de manutenção do viaduto da Sefaz. O documento está sendo elaborado pela empresa LSE, que apresentará um manual para manutenção periódica da obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário